Covezi Caminhões Iveco

Blog

5 melhores práticas para reduzir custos com pedágio na sua frota

Em meio às complexidades da gestão de frota, a administração financeira assume papel crucial. Um dos aspectos fundamentais a serem considerados é o gerenciamento dos gastos com pedágios, uma realidade cada vez mais presente nas estradas, principalmente com o processo de privatização em curso.

Com veículos pesados sujeitos a taxas mais elevadas, é imperativo que gestores estejam atentos a todas as possibilidades de otimizar esses custos. Continue a leitura e descubra algumas práticas que contribuirão para a redução de despesas com pedágio no transporte de cargas.

Como é realizado o cálculo do pedágio?

Os valores de pedágio são determinados por órgãos federais e estaduais, com a cobrança sendo destinada a empresas privadas. O cálculo leva em consideração variáveis como a quantidade de veículos no trecho, o período de concessão, o investimento na obra, entre outros.

É essencial compreender que há um custo fixo multiplicado pelo trecho abrangido pelo pedágio. Além disso, o cálculo varia conforme o veículo e a função da rodovia. Para caminhões, o tamanho por eixos também é um fator considerado, multiplicando a taxa mínima pela quantidade de eixos do veículo.

Como economizar custos com pedágio?

Frente à inevitabilidade de alguns pedágios, adotar boas práticas se torna essencial para a redução de custos. Aqui estão 5 dicas:

1 – Levantamento dos veículos da empresa: Uma lista completa dos caminhões da frota permite otimizar o envio de veículos para viagens. Avalie se enviar dois caminhões de dois eixos é mais vantajoso do que um caminhão de três eixos, considerando o custo do pedágio.

2 – Melhoria na roteirização: Roteirize viagens considerando as melhores rodovias com as praças de pedágio mais econômicas. Avalie fatores como distância, paradas estratégicas, consumo de combustível e períodos de viagem.

3 – Compreensão antecipada dos cálculos: Calcule antecipadamente os custos com pedágio planejando a rota e utilizando sistemas de roteirização com suporte de GPS. Considere estradas em boas condições e com valores acessíveis de pedágio.

4 – Aquisição de uma Tag de Pedágio: Tags facilitam pagamentos e oferecem passagem liberada em praças de pedágio, contribuindo para uma gestão financeira mais eficiente.

5 – Cálculo adequado do frete: Inclua os custos com pedágio no cálculo do frete, considerando despesas fixas e variáveis. Uma visão abrangente dos gastos contribui para uma gestão financeira equilibrada.

A compreensão e implementação dessas práticas ajudam a controlar de forma efetiva os custos com pedágio, otimizando as finanças da transportadora. Compartilhe essas estratégias nas redes sociais para auxiliar outros gestores a prevenir custos elevados com pedágios.

Outros Artigos

Fale com um de nossos consultores ou nos envie uma mensagem:

    Precisando
    de ajuda?

    Seja para comprar um veículo, peças, ou mesmo agendar algum serviço, nossa equipe estará sempre pronta para atende-lo(a)!

    Agende o serviço para o seu veículo pesado Iveco

    Agende o serviço e garanta mais disponibilidade do seu veículo.

    Agendar Serviço