Covezi Caminhões Iveco

Blog

PROCONVE P8: tudo o que você precisa saber sobre o programa

O impacto ambiental provocado pelos gases liberados por veículos pesados tem se mostrado uma grande preocupação em todo o mundo. Diante disso, a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade através da diminuição da emissão de poluentes tornaram-se metas fundamentais da Proconve P8.

Quer saber mais sobre o programa e entender como ele impactará no seu dia a dia? Continue a leitura e confira.

O QUE É O PROCONVE?

Proconve é o Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores criado pelo Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), juntamente com o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

A missão deste programa é desenvolver legislações que reduzam gradativamente as emissões de poluentes pelos veículos, sejam leves ou pesados, por meio de fases capazes de acompanhar as tecnologias e o desenvolvimento do setor.

OBJETIVOS DO PROCONVE

  • Reduzir os níveis de emissão de poluentes por veículos automotores visando o atendimento aos Padrões de Qualidade do Ar;
  • Promover o desenvolvimento tecnológico da engenharia automobilística e dos métodos e equipamentos para medição da emissão de poluentes;
  • Criar programas de inspeção e manutenção para veículos em uso;
  • Conscientizar a população sobre a poluição do ar por veículos automotores;
  • Melhorar as características técnicas dos combustíveis à disposição da frota nacional de veículos automotores, visando a redução de emissões poluidoras.

O INÍCIO DO PROCONVE P8

Em 1º de janeiro de 2022, tiveram início as fases Proconve L7 e Proconve P8. As duas etapas trazem legislações específicas sobre a emissões de poluentes e foram divididas da seguinte forma:

  • L7: relativa a veículos considerados leves (PBT menor ou igual a 3.856 quilogramas)
  • P8: diz respeito aos brutos (PBT maior que 3.856 quilogramas)

As normas são válidas para os motores movidos a diesel e foram definidas depois da realização de testes com os veículos adequados às especificações do padrão 5 (Euro 5).

O segundo momento do programa terá início em 2023 e determina que todas as vendas de veículos novos deverão estar adequadas às determinações da P8. No entanto, essa adequação poderá ser antecipada pelo dono do veículo.

Comprometida com essa legislação, a Covezi Iveco definiu que os seus modelos de PBT igual a 3.500 quilos também atenderão ao Proconve P8, auxiliando na redução da emissão de poluentes de forma mais ampla.

O QUE A PROCONVE P8 DETERMINA?

A Proconve P8 foi criada para adequar as diretrizes europeias determinadas no Euro 6 à realidade brasileira. Dessa forma, a norma define os padrões de durabilidade, sistemas de diagnóstico de bordo e testes de acordo com os novos limites máximos de emissão de poluentes, que devem ser conhecidos:

ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX)
Oxidantes que provocam irritação nos olhos e no sistema respiratório, além de contribuírem para o efeito estufa e o smog, uma névoa de poluição que dificulta a visibilidade.

MATERIAL PARTICULADO (MP)
Refere-se a fuligem, poeira, fumaça e qualquer material suspenso no ar gerado pelo motor a diesel, principalmente. Também contribuem para a formação do smog.

HIDROCARBONETOS NÃO QUEIMADOS (NMHC)
Compostos orgânicos que podem ser cancerígenos se estiverem em grande concentração, além de ajudarem a formar oxidantes e contribuírem para o aquecimento global.

MONÓXIDO DE CARBONO (CO)
Gás sem cor ou cheiro que provoca dor de cabeça e falta de ar quando está no sangue. Em altas concentrações também pode causar asfixia e até matar.

IMPORTÂNCIA DA PROCONVE P8

Como explicamos acima, a Proconve P8 vai definir limites de emissões mais rigorosos, além de adotar tecnologias mais eficientes para garantir o uso e o funcionamento adequados dos sistemas, como:

  1. Redução Catalítica Seletiva (SCR)
    Foi desenvolvida para reduzir as emissões de óxidos de nitrogênio em veículos pesados, diminuindo o volume desse gás extremamente tóxico para atender à legislação de emanação de gás.
  2. Recirculação de Gases da Exaustão (EGR)
    Essa tecnologia colaborou com a redução de fumaças pretas emitidas por ônibus e caminhões, garantindo que apenas uma parte do gás seja lançado na atmosfera e permitindo que o veículo atinja os níveis de NOx exigidos.
  3. Uso de diesel com teor reduzido de enxofre
    O diesel S-10 tem 8% de biodiesel e teor de enxofre de 10 mg/kg. Ele se destaca pela capacidade de agir como solvente de impurezas e tem o objetivo de reduzir danos ao meio ambiente por meio da diminuição de partículas nocivas na atmosfera.

Essas normas serão fundamentais para ajudar a reduzir progressivamente as emissões de poluentes, além de determinar que as empresas de grandes veículos comprovem que estão dentro dos limites adequados à quilometragem ou ao tempo de uso.

  • Veículos de passageiro com menos de 5 toneladas: 160 mil km ou 5 anos
  • Veículos de carga entre 3,856 toneladas e 16 toneladas: 300 mil km ou 6 anos
  • Veículos de passageiro entre 5 toneladas e 7,5 toneladas: 300 mil km ou 6 anos
  • Veículos de carga com mais de 16 toneladas: 700 mil km ou 7 anos
  • Veículos de passageiros acima de 7,5 toneladas: 700 mil km ou 7 anos

Dessa forma, será possível criar as condições ideais para aproximar a regulamentação dos veículos pesados do Brasil à da União Europeia e reduzir os impactos na qualidade do ar e na saúde.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e ajude a Covezi Iveco a levar mais informação para motoristas de todo o país! Para mais dicas, fique de olho em nosso blog e acompanhe também nosso Instagram.

Outros Artigos

Fale com um de nossos consultores ou nos envie uma mensagem:

    Precisando
    de ajuda?

    Seja para comprar um veículo, peças, ou mesmo agendar algum serviço, nossa equipe estará sempre pronta para atende-lo(a)!

    Agende o serviço para o seu veículo pesado Iveco

    Agende o serviço e garanta mais disponibilidade do seu veículo.

    Agendar Serviço